A aprendizagem de uma língua – Indicação de livro

Resenha

A aprendizagem de uma língua

Thais Helena dos Santos, da Agência EducaBrasil

É mais fácil aprender outra língua quando criança. Aliás, estudar um idioma diferente requer uma habilidade natural do ser humano. Além dessas verdades, a única maneira de aprender é morar no país onde a língua é falada. E, para que tenhamos um ótimo aluno, que obtenha excelentes resultados, é fundamental ter um professor nativo. Essas são algumas das afirmações contestadas no livro Como ser um ótimo aluno de idiomas, tradução da Pioneira Thomson Learning, em sua segunda edição.

Para Joan Rubin e Irene Thompson, autoras da obra, a maioria dos alunos de idiomas culpam o professor, o programa adotado e até a falta de habilidade. “O êxito do aprendizado depende de bons hábitos e de estratégias de estudo”, defendem. Elas acreditam que a atenção deve ser voltada para as características individuais que o aluno utiliza para obter bons resultados.

Nessa perspectiva, uma das propostas presentes no livro procura determinar qual o estilo pessoal de aprendizagem. Para tanto, examina-se aspectos como a idade, a personalidade, a experiência anterior e as metas definidas. Num segundo momento, aborda-se o processo de aprendizagem, deste o tempo necessário, as motivações profissionais, sociais, até os objetivos pretendidos. “É comum o objetivo do estudo de língua estrangeira ser visto como uma vaga idéia ao longo de todo o curso”, explicam as autoras, que apontam como causa desse problema o fato de os alunos não conseguirem imaginar o grau de complexidade do aprendizado de uma língua. Daí a importância de se entender como funcionam os idiomas.

“Aprender uma língua significa muito mais do que conhecer o vocabulário, a gramática e a pronúncia; é necessário aprender como comunicar-se através dela, visto ser este o objetivo final do estudo de língua estrangeira. A comunicação eficaz implica algo mais do que construir e entender enunciados; é necessário saber o que dizer, como e quando dizê-lo”.

O livro também aborda o papel do professor, dos livros de textos, dos dicionários, das fitas de áudio, de vídeo e do computador. O objetivo é auxiliar o aluno na compreensão desses instrumentos, identificando suas limitações e as vantagens de sua utilização.

Na segunda parte do livro, merece destaque um questionário com várias questões abordando o planejamento e a supervisão do próprio aluno sobre o seu aprendizado, a solução de problemas, as estratégias, as técnicas de expressão oral, dentre outros temas.

A tônica dos textos é o conhecimento do processo de aprendizagem sem se esquecer do estudante, sujeito de todas as etapas. “O êxito do aprendizado depende em grande parte da maneira pela qual você percebe exatamente o que deve fazer em cada uma das etapas de seu desenvolvimento como aluno”, enfatizam as autoras.

Como ser um ótimo aluno de idiomas
Autor(es): Joan Rubin e Irene Thompson
Editora(s): Pioneira e Thomson Learning
N° de páginas: 119
Texto original: http://www.educabrasil.com.br/eb/exe/texto.asp?id=346

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s