Desabafo

Nossos problemas são tão menores diante da pobreza, miséria, falta de oportunidade, desigualdade social…

Enquanto gastamos nossa energia para ter reconhecimento, um cargo melhor, carro, casa, férias… existem pessoas que passam fome. Passam fome. Não conseguem enxergar um futuro.

Isso não é demagogia. As pessoas trabalham para ter o que comer. Crianças esmolam nas ruas para muitas vezes sustentar toda uma família.

E o pior de tudo isso é ouvir nosso candidato a governador culpar a migração dos nordestinos para São Paulo como o problema da educação no Estado. Eu sou filha de nordestinos. Estou em São Paulo pois em algum momento minha família decidiu buscar as oportunidades em outro lugar, menos esquecido que o Nordeste. Somos o estorvo da grande metrópole. Mas a fala do nosso “amigo” reflete a fala de muita gente que se diz inteligente. Desprezíveis. Classe média desprezível.

As fronteiras estão na imaginação do homem. Não existem divisões que não sejam políticas. Não existe nada além de escolha que diz que o Nordeste não é Sudeste e vice-versa. Ou que diz que o Sudeste é melhor que o Nordeste. É a mesmo critério usado para determinar que a língua portuguesa do Brasil “standart” é a que se fala no eixo Rio- São Paulo.

Tem muito cego que deixa de ver aquilo que não lhe convém.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s